Fato e Teoria

Hoje em dia, muitas pessoas se referem à teoria do Big Bang como um fato. Muitos a aceitam como tal porque seus amigos acreditam nela.
No entanto, só alguns exemplos de teorias que eram amplamente aceitas e foram substituídas por outras mais recentes já faz valer o ditado: “desejar não quer dizer que seja”.
A teoria da Terra plana, defendida durante muito tempo, foi naturalmente substituída pela da Terra redonda quando os dados da ciência empírica foram apresentados.
A teoria do Miasma era a ideia de que a Peste Negra fosse causada pelo mau cheiro do ar. Obviamente, quando as evidências apontaram em outra direção, ela foi substituída pela teoria microbiana de nossos dias. É interessante observar que a transição para a teoria microbiana foi muito difícil para a maioria das pessoas, por mais improváveis que fossem as teorias anteriores.

A Teoria do Estado Estacionário assinalava que, embora o universo esteja se expandindo, a matéria é constantemente produzida não se sabe onde, fazendo o cosmos parecer sempre cheio. Essa teoria foi descartada para dar lugar a outra com quase tantos problemas… a teoria do Big Bang.
O método científico envolve a fundamentação de uma hipótese e o teste de ideias e conjecturas. Os dados empíricos — que podem ser demonstrados — são cruciais, e as observações feitas mostram a plausibilidade de uma teoria. Isso nos ajuda a descobrir os pontos fracos ou fortes de uma hipótese por meio de experimentação.
Hoje em dia, muitas pessoas dizem que o relato bíblico da criação, como registrado por Moisés, é apenas uma teoria — uma hipótese. Elas também dizem que ninguém estava lá naquele momento para testemunhar o que aconteceu. Quem crê na Bíblia não concorda com isso. A carta de João nos diz que Yeshua, Jesus Cristo, foi o Criador. Questionando os líderes de Sua época, Jesus lhes perguntou: …se, de fato, crêsseis em Moisés, também creríeis em mim; porquanto ele escreveu a meu respeito. Se, porém, não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras? (João 5:46-47)
Sim, foi Jesus quem, em seis dias, criou todas as coisas. Suas palavras registradas nas Escrituras deixam bem claro que, no princípio, Ele fez macho e fêmea. Se acreditamos na Bíblia, então, temos um relato histórico baseado nas palavras do próprio Criador.
No princípio, criou Deus os céus e a terra.

Sou David Rives…
Os Céus Realmente Proclamam a Glória de Deus.
Tradução: Mariza Regina de Souza

EMAIL UPDATES

Sign up for David Rives Ministries' Creation Weekly. Breaking news. Science updates. Biblical discoveries. Special offers.

STRENGTHEN YOUR FAITHwith unshakeable evidence

Sign up for David Rives Ministries' inspirational and educational Creation Weekly. Breaking news. Science updates. Special offers. Biblical discoveries.